Caracterização da produção de tomate-industrial no município de Morrinhos/GO: da utilização de defensivos à vantagem dos contratos

  • Paulo Eterno Venâncio Assunção
  • Eiko Mori Andrade Spinelli
  • Jordão Silva Cardoso

Resumo

O presente trabalho procurou caracterizar os produtores de tomate da região do município de Morrinhos/GO, examinando os custos de produção e destacando o impacto do uso de defensivos no custo de produção, bem como a rentabilidade da atividade. Também buscou analisar a importância dos contratos agrícolas para os produtores e as indústrias processadoras da produção de tomate no município selecionado. Os dados obtidos foram submetidos à análise proposta por Samuelson e Nordhaus (1993), para que fosse feito o cálculo das receitas. O teste t de Student foi utilizado para comparação das médias dos custos de produção e da receita líquida dos produtores nos dois grupos, grandes e pequenos produtores. Posteriormente, foi utilizado o modelo de receita líquida proposto por Hoffmann (1998), que se baseia em um logaritmo para determinar a receita líquida obtida em determinado negócio. Notou-se que os produtores abusam do uso de defensivos agrícolas, aumentando seus custos de produção, e que os contratos apresentam vantagens para a defesa do produtor, garantindo lucros, e para a indústria, garantindo produtos de maior qualidade. Palavras-chave: Morrinhos/GO. Contratos. Defensivos. Tomate.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Eterno Venâncio Assunção
Engenheiro Agrônomo, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Agronegócio da Universidade Federal de Goiás e Estagiário de Pós-Graduação em Socioeconomia da Embrapa Arroz e Feijão.
Eiko Mori Andrade Spinelli
Mestre em Fitopatologia, Professora e Coordenadora do Curso de Agronomia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba.
Jordão Silva Cardoso
Estudante de curso de Engenharia Agronômica da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba.
Como Citar
Assunção, P. E., Spinelli, E. M., & Cardoso, J. (1). Caracterização da produção de tomate-industrial no município de Morrinhos/GO: da utilização de defensivos à vantagem dos contratos. Revista Teoria E Evidência Econômica, 19(40). https://doi.org/10.5335/rtee.v0i40.3448