Decomposição do crescimento da agricultura e agroindústria na economia gaúcha: uma análise a partir do VBP e do emprego

  • Eduardo Belisário Finamore
  • Marco Antonio Montoya
  • Cássia Aparecida Pasqual

Resumo

O artigo avalia as fontes de crescimento e a mudança estrutural da economia do Rio Gran-de do Sul, em particular as da agricultura e as dos setores que compõem a agroindústria. Para tanto, utiliza, sobre as matrizes insumo-produto da FEE de 1998 e 2003 um modelo clássico de decomposição das fontes de crescimento e mudança estrutural do VBP e do emprego. Verificou-se que as políticas econômicas nacionais da época contribuíram com a modernização da economia gaúcha, caracterizada pela mudança tecnológica direciona-da ao aumento intenso da eficiência e produtividade. Particularmente na agricultura e agroindústria, a decomposição do crescimento sugere que a expansão setorial se deu em razão do aumento da produtividade do trabalho, do incremento das exportações, da mu-dança tecnológica e da substituição de importações. Palavras-chave: Crescimento. Agroindústria. Insumo-produto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-09-01
Como Citar
Finamore, E., Montoya, M., & Pasqual, C. (2010). Decomposição do crescimento da agricultura e agroindústria na economia gaúcha: uma análise a partir do VBP e do emprego. Revista Teoria E Evidência Econômica, 16(35). https://doi.org/10.5335/rtee.v16i35.4250

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

<< < 1 2