Dinâmica e desempenho da suinocultura do Rio Grande do Sul sob a ótica da organização industrial

  • João Garibaldi Almeida Viana
  • Antonio Domingos Padula
  • Paulo Dabdab Waquil

Resumo

A pesquisa teve por objetivo analisar a evolução do desempenho da produção suinícola do Rio Grande do Sul em razão da estrutura de mercado e das condutas das firmas, ten-do como base a teoria de organização industrial. Para tal, utilizaram-se métodos como estatística descritiva, coeficiente de variação, taxa média geométrica de variação anual, regressão e teste de causalidade de Granger. Os resultados indicaram a tendência de cres-cimento dos abates suínos e de decréscimo dos frigoríficos no Rio Grande do Sul. A análise sugere a concentração industrial do setor após o início da década de 1990. As causalidades no modelo ECD suinícola não foram percebidas em todas as estimações. Identificaram-se relações bicausais entre estrutura e desempenho e entre desempenho e conduta e a rela-ção unicausal de estrutura para conduta. Palavras-chave: Economia industrial. Estrutura-conduta-desempenho. Suinocultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-03-01
Como Citar
Viana, J., Padula, A., & Waquil, P. (2010). Dinâmica e desempenho da suinocultura do Rio Grande do Sul sob a ótica da organização industrial. Revista Teoria E Evidência Econômica, 16(34). https://doi.org/10.5335/rtee.v16i34.4258