Diversificação de setores de atividades produtivas e o efeito sobre a pobreza no meio rural da Paraíba

  • João Ricardo Ferreira de Lima

Resumo

O meio rural paraibano possui diversos problemas estruturais, como, por exemplo, a falta de acesso à água, o destino do lixo domiciliar, a educação de qualidade. Essa situação, somada ao não crescimento da produtividade de seus principais produtos agrícolas nos últimos anos, resulta no baixo nível de renda per capita das famílias que vivem exclusivamente das atividades agrícolas, consequentemente maior pobreza e desigualdade. Por outro lado, a busca por diversificação dos setores de atividades produtivas parece ser uma importante estratégia para elevar a renda familiar e reduzir a insegurança alimentar. Este artigo tem por objetivo analisar o efeito da diversificação na pobreza das famílias que residem no meio rural do estado da Paraíba, utilizando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios/IBGE para o ano de 2008. O modelo teórico está relacionado à oferta de mão de obra rural, focando a possibilidade de os membros da família se ocuparem (ou não) em múltiplas fontes de emprego, pela abordagem da utilidade conjunta. A parte empírica busca fazer simulações nas rendas médias, as quais são estimadas econometricamente (considerando a possibilidade de viés de seleção amostral) na presença e ausência da diversificação. Os resultados obtidos demonstram, com relação à pobreza rural, utilizando os índices Foster-Greer-Thorbecke, tanto no caso da proporção de pobres (P0) quanto no hiato da pobreza (P1) e severidade da pobreza (P2), que a diversificação contribui para a redução da pobreza. A partir desses resultados, é importante pensar em políticas públicas que estimulem a pluriatividade e o acesso às rendas não agrícolas. Palavras-chave: Pluriatividade. Rendas não agrícolas. Segurança alimentar.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-03-01
Como Citar
Lima, J. (2010). Diversificação de setores de atividades produtivas e o efeito sobre a pobreza no meio rural da Paraíba. Revista Teoria E Evidência Econômica, 16(34). https://doi.org/10.5335/rtee.v16i34.4263

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##