As instabilidades socioeconômicas do setor metal-mecânico da mesorregião Noroeste do estado do Rio Grande do Sul: evidências através da utilização de cenários prospectivos

  • Henrique Dias Blois
  • Guilherme de Oliveira

Resumo

O presente estudo busca identificar as ameaças e oportunidades, pontos fortes e fracos que o setor metal-mecânico da mesorregião Noroeste do estado do Rio Grande do Sul enfrentará nos próximos cinco anos (2008-2012). Para tanto se testou a consistência empí-rica da construção de cenários prospectivos – método Grumbach (2005) – para o setor. Os resultados obtidos com a metodologia empregada evidenciaram que os atores envolvidos (peritos das empresas) identificam a grande dependência do setor perante o desempenho da agricultura regional. O cenário mais provável aponta um futuro promissor para o setor nos próximos cinco anos, ao passo que no cenário de tendência foram identificadas rup-turas nessa trajetória, uma vez que durante a etapa de campo os peritos desconheciam o novo ambiente econômico de crise. A metodologia empregada demonstrou ser uma im-portante ferramenta de definição estratégicas no presente que esse setor pode empregar, visando preparar-se para o futuro. Palavras-chave: Setor metal-mecânico. Cenários prospectivos. Região Noroeste do Rio Grande do Sul.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-08-01
Como Citar
Blois, H., & Oliveira, G. (2009). As instabilidades socioeconômicas do setor metal-mecânico da mesorregião Noroeste do estado do Rio Grande do Sul: evidências através da utilização de cenários prospectivos. Revista Teoria E Evidência Econômica, 15(33). https://doi.org/10.5335/rtee.v15i33.4275