Competitividade da cadeia produtiva de confecções de Sarandi - RS: estudo exploratório em nível organizacional

  • Silvana Saionara Gollo
  • Jefferson Bernal Setubal
  • Cassiana Maris Lima Cruz

Resumo

Este artigo tem por objetivo estudar a competitividade em nível organizacional de em-presas da cadeia produtiva de confecções de Sarandi - RS. Os dados analisados referem-se à primeira etapa de uma pesquisa que estuda a competitividade sistêmica na cadeia produtiva de confecções de Sarandi - RS, parte de um projeto maior, o “Estudo da competitividade sistêmica em cadeias produtivas”. A metodologia consiste numa pesquisa exploratória, de abordagem qualitativa, e o método é o estudo de caso. A estrutura analítica aplicada para o estudo da competitividade tomou por base diferentes modelos (PORTER, 1998; ESSER, et al., 1994; COUTINHO; FERRAZ, 1995; AMBASTHA; MOMAYA, 2004), os quais propõem variáveis em nível organizacional. Os sujeitos da pesquisa foram escolhidos através de amostragem não probabilística por conveniência (MALHOTRA, 2006), sendo representados por três indústrias de confecções de Sarandi - RS. Constatou-se que os fatores de competitividade mais representativos das empresas estudadas são: marketing, tecnologia, logística e pessoas na dimensão processo; produtividade e custo/preço na dimensão desempenho. Palavras-chave: Competitividade. Cadeia produtiva. Confecções.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Gollo, S., Setubal, J., & Cruz, C. (1). Competitividade da cadeia produtiva de confecções de Sarandi - RS: estudo exploratório em nível organizacional. Revista Teoria E Evidência Econômica, 15(33). https://doi.org/10.5335/rtee.v15i33.4276