PROGRAMAÇÃO LINEAR NA GESTÃO DA PROPRIEDADE RURAL: UM ENFOQUE ALTERNATIVO

  • Derli Dossa

Resumo

Este trabalho parte de uma preocupação básica: a necessidade de os produtores rurais melhorarem a sua eficiência técnico-econômica na gestão das propriedades e de os profissionais da área obterem subsídios sobre a programação linear como instrumento de tomada de decisão e de otimização de uma propriedade. Complementarmente, visa-se a permitir aos técnicos que trabalham em agricultura conhecerem as principais variáveis de decisão dentro da propriedade as quais os produtores utilizam para usar as inovações tecnológicas. O problema principal é identificar as alternativas que possui um produtor para otimizar a sua renda bruta dentro do sistema de produção. Para isso, foi utilizado um modelo de Programação Linear em uma propriedade que produz leite e várias culturas de grãos no inverno e no verão, na região de Ponta Grossa, no Estado do Paraná, sul do Brasil. As análises dos dados, após o modelo padronizado, mostram que o produtor tem dificuldades de aumentar a produtividade dos grãos, principalmente da soja. Por outro lado, tem maior facilidade de melhorar o manejo do rebanho leiteiro de forma a conseguir aumentos na receita bruta, que pode variar de 11% a 37% no sistema de produção.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Dossa, D. (1). PROGRAMAÇÃO LINEAR NA GESTÃO DA PROPRIEDADE RURAL: UM ENFOQUE ALTERNATIVO. Revista Teoria E Evidência Econômica, 2(04). https://doi.org/10.5335/rtee.v2i04.4732