TEORIA E PRAXE DA INTEGRAÇÃO ECONÔMICA NA AMÉRICA LATINA: UMA ABORDAGEM DOS DESEQUILÍBRIOS REGIONAIS

  • Marco Antonio Montoya
  • Cristina Chamináde

Resumo

O artigo discute algumas contradições teóricos- práticas da integração econômica latino-americana e analisa as limitações dos mecanismos clássicos de integração utilizados na região perante os objetivos propostos nos tratados de intenção. Identifica a existência do paradoxo de integração “versus” desintegração econômica regional. Salienta, frente à possível desconcentração do sistema urbano, a necessidade de se considerarem os desenquilíbrios regionais no desenho dos mecanismos de integração. Propõe que esses objetivem um maior participação de segmentos territoriais periféricos, como uma forma de evitar a concentração dos benefícios da integração e ,em consequência, a inviabilidade desta no continente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Montoya, M., & Chamináde, C. (1). TEORIA E PRAXE DA INTEGRAÇÃO ECONÔMICA NA AMÉRICA LATINA: UMA ABORDAGEM DOS DESEQUILÍBRIOS REGIONAIS. Revista Teoria E Evidência Econômica, 2(04). https://doi.org/10.5335/rtee.v2i04.4733

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>