O MÉTODO ESTRUTURAL-DIFERENCIAL MODIFICADO: UMA APLICAÇÃO PARA O ESTADO DO RIO DE JANEIRO ENTRE 1986 E 1995

  • André da Silva Pereira
  • Nicole Campanile

Resumo

Ao se analisar a economia do estado do Rio de Janeiro nos últimos dez anos, muitas conclusões podem ser levantadas a esse respeito. Dentre elas, pode-se citar o desempenho econômico que este vem apresentando em setores antes não muito .desenvolvidos., como, por exemplo, o do petróleo e o industrial. Contudo, esses setores ainda se apresentam como variáveis importantes para entender a economia carioca e fluminense atual. Assim, ao utilizar o método estrutural-diferencial, buscou-se avaliar o desempenho de setores, tais como indústria extrativa mineral, comércio, serviços, indústria e agricultura, e a sua influência sobre o emprego do estado no período de 1986 até 1995. Palavras-chave: economia do Rio de Janeiro, método estrutural-diferencial, economia regional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Pereira, A., & Campanile, N. (1). O MÉTODO ESTRUTURAL-DIFERENCIAL MODIFICADO: UMA APLICAÇÃO PARA O ESTADO DO RIO DE JANEIRO ENTRE 1986 E 1995. Revista Teoria E Evidência Econômica, 7(13). https://doi.org/10.5335/rtee.v7i13.4809